Blog | Queveks Fórmulas Concentradas
09/04/2021

O que fazer para resolver problemas com o reboco?

O que fazer para resolver problemas com o reboco?

O reboco, por ser uma etapa muito importante da obra, deve ser preparado e executado com muito cuidado. Porém, apesar da exigência de aplicação seguindo os padrões normativos, ainda é muito comum encontrar construções que apresentem problemas no revestimento.

Os motivos, assim como as formas de resolver os defeitos, podem variar e tudo dependerá dos motivos que levaram o problema aparecer. Diante disso, será apresentado quais são as principais causas que fazem com que o reboco fique imperfeito e também como é possível evitar que eles apareçam.

Entenda como o reboco é preparado

Antes de conhecer os principais problemas e como evita-los, é importante entender claramente como o reboco é feito e a também a sua finalidade.

Geralmente, ele é utilizado para criar mais uma camada de proteção da alvenaria, dando um acabamento liso, uniforme e sem imperfeições. Isso fará com que a próxima etapa, caso esteja prevista em projeto, possa ser executada sem erro.

Ele deve ser utilizado após a aplicação do chapisco e do emboço e o seu modo de preparo pode variar de acordo com o local em que ele será aplicado. Veja os dois exemplos:

  • Reboco interno

O reboco interno não terá tanta exposição aos agentes que podem danificar a argamassa, porém, eles também precisam ser preparados da maneira correta. Cada edificação pode pedir medidas diferentes, pois os projetos variam bastante, mas de uma forma geral, utiliza-se 3 baldes de areia, 2 de cal, 1 de cimento, água e aditivos para otimizar o processo.

  • Reboco externo

O reboco externo deve ter uma espessura de 2cm e as medidas serão de 2:2:1, ou seja, 2 baldes de areia, 2 de cal, 1 de cimento, água e também é recomendado o uso de aditivos. O modo de preparo serve para os dois tipos, então é feita a mistura dos elementos citados e a água deve ser colocada aos poucos até que a massa fique homogênea.

Quais os principais problemas podem aparecer?

São diversos os motivos que podem fazer com que o reboco venha a apresentar problemas. Eles podem aparecer pouco tempo após a aplicação ou então com o passar do tempo, como é o caso de descolamento da argamassa devido à ineficiência de impermeabilizantes.

Além do descolamento da argamassa, é muito comum que o reboco comece a apresentar fissuras e até mofo na inexistência de uma impermeabilização adequada. Além disso, é muito recorrente o “esfarelamento” do revestimento que também tem a umidade como uma das causas.

É bom ressaltar, especificamente no caso do reboco esfarelado, que a mistura da argamassa também pode ter ligação sobre esse fato, pois o traço e o preparo podem influenciar na consistência do reboco e na sua resistência aos agentes nocivos do ambiente. Lembrando que é preciso ficar atento às movimentações da estrutura, pois elas também podem causar alguns danos ao reboco.

Como eles podem afetar o restante da obra?

Partindo do conhecimento de que o reboco também tem um papel protetor, então as manifestações patológicas que se manifestam na sua superfície podem fazer com que as suas características protetoras sejam diminuídas.

Tudo isso pode ocasionar uma maior penetração de umidade nas estruturas, trazendo grandes danos à construção. Além dos problemas estruturais, existe a questão estética. Quando um reboco não apresenta as condições favoráveis para cumprir com a sua finalidade, é comum que ele também adquira aspectos visuais pouco atrativos.

Então mesmo que a construção seja nova, ela terá um aspecto de velho ou malcuidado. Por esse motivo, todas as etapas de preparação do reboco até a sua aplicação devem ser feitas seguindo as exigências normativas e não abrindo mão do uso de aditivos, pois eles farão com que as chances de ocorrência de problemas diminuam.

Veja como os produtos da Queveks podem ser a solução

Como falado, os aditivos terão papel fundamental para evitar que o reboco tenha problemas durante e após a sua aplicação. Também foi visto que falta de uma impermeabilização adequada pode piorar ainda mais a situação.

A Queveks possui uma linha de produtos que são excelentes otimizadores de argamassas de reboco, trazendo uma segurança maior tanto para o construtor quanto para o morador. Para demonstrar como eles são eficazes, será apresentado dois exemplos de aditivos, mostrando também os seus benefícios. Confira:

  • Veda Reboco

O Veda Reboco será ideal para que os riscos de problemas causados pela umidade sejam evitados. Ele consegue impermeabilizar as massas de reboco, eliminando o aparecimento de trincas, fissuras e o surgimento de canais de entrada de água por meio do revestimento.

Além disso, ele consegue trazer uma economia para a obra. A utilização de 1 litro do produto equivale a 80kg de cal. Ele pode ser utilizado em muitos locais, tais como: revestimento de paredes, reservatórios, túneis e piscinas.

  • Liquifort

Ele é utilizado como um adesivo sintético de alto desempenho, otimizando a aderência da argamassa. O seu alto rendimento consegue trazer uma grande economia para a obra, evitando também o aparecimento de trincas e retração excessiva da argamassa.

Ele é ideal para ser usado na recuperação do reboco danificado ou que apresenta espessura menor do que aquelas exigidas pela norma.

Os exemplos citados são apenas dois modelos de produtos que podem trazer muitos benefícios para as etapas construtivas. Conheça então os demais produtos da Queveks e garanta que a sua obra seja executava com segurança e qualidade.

Queveks
09/04/2021 Escrito por Queveks
Compartilhe:

Quer receber
conteúdo gratuito?

Quer ter todo esse conteúdo na palma da sua mão, daquele jeito fácil e sem complicação? Quer saber mais sobre como prevenir a umidade e impermeabilizar a sua obra de forma eficaz? Coloque seu e-mail no campo abaixo e não perca nenhuma postagem. Fique por dentro e tenha sempre as melhores dicas para a sua obra e para o seu bolso!